Criar personagens não é tão fácil como algumas pessoas podem pensar que é!

Para não cair no esquecimento e virar uma vaga lembrança na cabeça dos exigentes leitores, suas personagens precisam ser memoráveis, ricas (mas em detalhes, “tá”?), e originais, SIM, e, para isso, há que se lançar mão de energia, esforço e muito trabalho duro; além de TÉCNICA, é claro! MUITA técnica!

Assim, uma personagem memorável não necessariamente precisa ser excêntrica e diferente de tudo o que já existe. À priori, ela precisa ser alguém com o qual os leitores se identifiquemIsso é MUITO importante, han? Claro, porque não é “nada, nada” interessante ler sobre uma pessoa que não se inflama ou que não sofre nunca; não tem passado, dramas e alegrias como as que nós todos temos. Assim, uma das dicas que dou, enquanto novo escritor, é que suas personagens sejam tão VIVAS quanto os leitores de sua obra, okay?

Também é muito importante que suas personagens sejam CONSTANTES. Como assim? Bem, você precisa criar personagens que não sejam volúveis ou mudem drasticamente ao longo da história, a não ser que ela esteja fingindo, ou algo assim, entende? Suas personagens precisam ter características fixas, que as acompanhem do início ao fim. Por exemplo, se Ana é descrita como uma pessoa que têm dificuldades para se expressar verbalmente, você não pode, em nenhuma parte da obra, fazê-la ser eloquente, okay? (A não ser por um motivo MUITO específico de sua trama). E, se, por exemplo, João é descrito como alguém extremamente agressivo, seria um pouco confuso e inconsistente ele, na maioria das vezes, responder a determinadas situações com palavras mansas e serenidade, não?

Personagens precisam ser pensadas, construídas com detalhes, histórias, características específicas e, para mim, MUITO, mas MUITO sentimento. No entanto, apesar de querer discorrer sobre esse ótimo tema neste post, não é isso que vim fazer aqui hoje, sim, pelo menos não de todo… rsrsrs.

Vasculhando ontem na internet, acabei descobrindo um curso chamado Escrita Criativa: a técnica de criação do personagem, ministrado por Amy Bloom, pela Wesleyan University, através do site Coursera.org (Link no final da postagem).

O curso não é gratuito, mas você pode fazê-lo como ouvinte, tendo acesso a todo o material dele, exceto aos conteúdos que valem nota. No entanto, encorajo vocês a fazê-lo, afinal é uma oportunidade incrível de se aprimorar enquanto escritor e melhorar a qualidade de suas obras, que já devem ser ótimas, eu tenho certeza. Além do mais, vocês recebem um certificado internacional e suplementam o currículo de vocês. Bom não?

O curso começa dia 13 de Junho de 2016, e vocês têm acesso a ele através de um perfil pessoal criado no próprio site. O problema, bem, pelo menos para mim é um problema, é que o curso é ministrado em inglês… rsrsrs. Por conta disso, alguns cursos possuem a ferramente de legenda em português e outros idiomas, ufa, mas não sei se esse é o caso desse; por isso, é bom dar uma checada nele, “tá”?

No entanto, se não tiver legenda no curso, bem, não se sinta desencorajado, POR FAVOR! Meta as caras e se aprimore. É uma ótima oportunidade de se autodesenvolver, tanto como escritor quanto como falante de uma língua estrangeira. APROVEITE PARA SE DESENFERRUJAR… RSRSRS

Pessoalmente gosto muito do site, acho bastante confiável e reúne cursos de universidades renomadas presentes em países do mundo todo e com cursos com os mais variados temas (Tem de TUDO!). Dá uma olhada lá, vai!

AH! Se não me engano, não precisa ser universitário ou graduado para fazer os cursos.

Por fim, quero agradecer a visita de todos e pedir desculpas por minha longa ausência.

A távola, sua távola, espera ansiosamente por nosso próximo encontro… CAVALEIROS (AS)!

Texto escrito por Andrew Gomes

Link para o curso: https://www.coursera.org/learn/craft-of-character

Fonte da imagem de ícone: Minha Série

Disponível em:

http://www.minhaserie.com.br/uploads/editor_pictures/000/014/868/content_pic.jpg>. Acesso em Junho de 2016.

 

 

Anúncios