O autor é extremamente criativo, cheio de boas ideias, mas o texto nem sempre fica inteligível ou como ele gostaria que ficasse, porque será? Muitas vezes o problema pode estar na pontuação inadequada, principalmente por causa da bendita vírgula; há muitas regras para um único sinal, MUITAS!

A verdade é que realmente não é fácil saber usá-la corretamente, particularmente tinha bastante dificuldade, e mesmo depois de assistir vídeos e mais vídeos sobre pontuação e ler artigos e mais artigos na internet a respeito disso, ainda me vi cometendo uma série de erros que comprometiam a qualidade e a inteligibilidade das minhas histórias, porque, ao invés de deixá-las fluidas e simples, minha pontuação inadequada virava lombadas para se tropeçar, e isso não era, e não é, o que eu quero absolutamente. Então, decidi investir meu dinheiro comprando livros que pudessem me ajudar a escrever melhor; existem ótimas ferramentas na internet, mas nas prateleiras também, não?

Uma dessas pérolas é o Manual da Boa Escrita: vírgula, crase, palavras compotas, da autora Maria Tereza Queiroz Piacentini, editora Lexicon; o preço, quando comprei, foi de mais ou menos R$ 40,00.

O livro não é grande e está dividido em três seções (vírgula, crase e palavras compostas). A primeira, da vírgula (a que mais usei), apresenta detalhadamente a forma correta de se usar o sinal, e nas mais diversas situações (o que eu não havia encontrado em outras gramáticas ou livros a esse respeito). Assim, o seu diferencial é basicamente destrinchar o uso da vírgula, o que para mim foi sensacional, muitos exemplos e muitas situações. Para vocês terem uma ideia, o livro tem 140 páginas com regras e apresentação dos temas, sem contar as páginas finais (exercícios de fixação); 52 delas são apenas para falar sobre o uso correto da vírgula, bastante, não?

Enfim, ele realmente me ajudou muito, e ajuda até hoje; consigo organizar adequadamente a estrutura dos meus textos, mas, claro, ele não foi a única ferramenta; ler outros livros foi muito importante para poder comparar os estilos de escrita e, inclusive, aprender sobre a própria pontuação (tenho lido com enorme atenção à ela.); pessoalmente não abro mão desse livro, que, sinceramente, recomendo com muita segurança.

O livro é este (figura 1), espero que tenham gostado. Se vocês conhecem outros livros que possam contribuir para o aprendizado dos nossos escritores da távola, comentem e compartilhem, okay? Um grande abraço, espero vocês de volta!

Figura 1

download (3)

Fonte da figura 1: Google

Disponível em: <http://images.livrariasaraiva.com.br/imagemnet/imagem.aspx/?pro_id=7288873&qld=90&l=370&a=-1&gt; Acesso em abril/2016.

Texto escrito por Andrew Gomes

 

Fonte da imagem ícone: Google

Disponível em: <http://www.colegioweb.com.br/wp-content/uploads/2012/05/v%C3%ADrgula.png&gt; Acesso em abril/2016.

 

 

Anúncios